Wonder Woman (1ª Série)

Wonder Woman (1ª Série)
___________________________________________________________________________


Esta série foi publicada entre julho de 1942 e março de 1986. Lançada em formato americano, com páginas coloridas cada edição. Distribuição predominantemente bimestral.

Wonder Woman (Mulher-Maravilha) foi criada por William Moulton Marston e H. G. Peter. Sua estreia nos quadrinhos ocorreu nas páginas da revista All Star Comics #08, em outubro de 1941. Em janeiro de 1942 a heroína passou a ser publicada como carro-chefe nas páginas da revista Sensation Comics, sendo destaque em praticamente todas as capas.

A história de origem da Mulher Maravilha relata que ela foi esculpida em argila por sua mãe, Rainha Hipólita, e recebeu uma vida para viver como uma Amazônia, junto com poderes sobre-humanos como presentes pelos deuses gregos. Nos últimos anos, DC mudou seu passado com a opinião de que ela é filha de Zeus e Hipólita, criada em conjunto por sua mãe e suas tias Antíope e Menalippe. 

O título regular foi um sucesso e transformou a heroína na maior símbolo feminino de todos os tempos, quebrando muitas barreiras e preconceitos principalmente nos primeiros anos de publicação.

Um destaque do título foi na edição #178 (outubro de 1969) onde mostrou a Mulher Maravilha desistindo de seus poderes e devolvendo seu traje e título para sua mãe, a fim de continuar permanecendo no Mundo do Homem. A razão por trás disso foi que todas as amazonas estavam mudando para outra dimensão, mas Diana não pôde acompanhá-las, pois precisava ficar para trás para ajudar Steve Trevor, que havia sido condenado injustamente. Assim, ela não possuía mais o título de Mulher Maravilha e, após conhecer e treinar com um mentor cego das artes marciais I-Ching, Diana retomou a luta contra o crime como a impotente Diana Prince. Esta fase durou até a edição #203 e na edição seguinte a heroína volta a vestir o traje tradicional.

Outra mudança importante no título foi durante a saga Crise nas Terras Infinitas que apagou todas as encarnações anteriormente existentes da Mulher Maravilha, preparando o cenário para um relançamento completo e a reinicialização do título. Antes da publicação da segunda série, uma minissérie de quatro edições intitulada "The Legend of Wonder Woman" foi lançada com Kurt Busiek como escritor e Trina Robbins como artista. A série prestou homenagem às raízes da Idade de Ouro da personagem. 

Este título não possui capas alternativas.


 Galeria de Capas:

Edição 001
Julho de 1942

Edição 002
Setembro de 1942

Edição 003
Fevereiro de 1943

Edição 004
Abril de 1943

Edição 005
Junho de 1943

Edição 006
Setembro de 1943

Edição 007
Janeiro de 1944

Edição 008
Março de 1944

Edição 009
Junho de 1944

Edição 010
Setembro de 1944

Edição 011
Dezembro de 1944

Edição 012
Março de 1945

Edição 013
Junho de 1945

Edição 014
Setembro de 1945

Edição 015
Dezembro de 1945

Edição 016
Março de 1946

Edição 017
Maio de 1946

Edição 018
Julho de 1946

Edição 019
Setembro de 1946

Edição 020
Novembro de 1946

Edição 021
Janeiro de 1947

Edição 022
Março de 1947

Edição 023
Maio de 1947

Edição 024
Julho de 1947

Edição 025
Setembro de 1947

Edição 026
Novembro de 1947

Edição 027
Janeiro de 1948

Edição 028
Março de 1948

Edição 029
Maio de 1948

Edição 030
Julho de 1948

Edição 031
Setembro de 1948

Edição 032
Novembro de 1948

Edição 033
Janeiro de 1949

Edição 034
Março de 1949

Edição 035
Maio de 1949

Edição 036
Julho de 1949

Edição 037
Setembro de 1949

Edição 038
Novembro de 1949

Edição 039
Janeiro de 1950

Edição 040
Março de 1950

Edição 041
Maio de 1950

Edição 042
Julho de 1950

Edição 043
Setembro de 1950

Edição 044
Novembro de 1950

Edição 045
Janeiro de 1951

Edição 046
Março de 1951

Edição 047
Maio de 1951

Edição 048
Julho de 1951

Edição 049
Setembro de 1951

Edição 050
Novembro de 1951

Edição 051
Janeiro de 1952

Edição 052
Março de 1952

Edição 053
Maio de 1952

Edição 054
Julho de 1952

Edição 055
Setembro de 1952

Edição 056
Novembro de 1952

Edição 057
Janeiro de 1953

Edição 058
Março de 1953

Edição 059
Maio de 1953

Edição 060
Julho de 1953

Edição 061
Setembro de 1953

Edição 062
Novembro de 1953

Edição 063
Janeiro de 1954

Edição 064
Fevereiro de 1954

Edição 065
Abril de 1954

Edição 066
Maio de 1954

Edição 067
Julho de 1954

Edição 068
Agosto de 1954

Edição 069
Outubro de 1954

Edição 070
Novembro de 1954

Edição 071
Janeiro de 1955

Edição 072
Fevereiro de 1955

Edição 073
Abril de 1955

Edição 074
Maio de 1955

Edição 075
Julho de 1955

Edição 076
Agosto de 1955

Edição 077
Outubro de 1955

Edição 078
Novembro de 1955

Edição 079
Janeiro de 1956

Edição 080
Fevereiro de 1956

Edição 081
Abril de 1956

Edição 082
Maio de 1956

Edição 083
Julho de 1956

Edição 084
Agosto de 1956

Edição 085
Outubro de 1956

Edição 086
Novembro de 1956

Edição 087
Janeiro de 1957

Edição 088
Fevereiro de 1957

Edição 089
Abril de 1957

Edição 090
Maio de 1957

Edição 091
Julho de 1957

Edição 092
Agosto de 1957

Edição 093
Outubro de 1957

Edição 094
Novembro de 1957

Edição 095
Janeiro de 1958

Edição 096
Fevereiro de 1958

Edição 097
Abril de 1958

Edição 098
Maio de 1958

Edição 099
Julho de 1958

Edição 100
Agosto de 1958

Edição 101
Outubro de 1958

Edição 102
Novembro de 1958

Edição 103
Janeiro de 1959

Edição 104
Fevereiro de 1959

Edição 105
Abril de 1959

Edição 106
Maio de 1959

Edição 107
Julho de 1959

Edição 108
Agosto de 1959

Edição 109
Outubro de 1959

Edição 110
Novembro de 1959

Edição 111
Janeiro de 1960

Edição 112
Fevereiro de 1960

Edição 113
Abril de 1960

Edição 114
Maio de 1960

Edição 115
Julho de 1960

Edição 116
Agosto de 1960

Edição 117
Outubro de 1960

Edição 118
Novembro de 1960

Edição 119
Janeiro de 1961

Edição 120
Fevereiro de 1961

Edição 121
Abril de 1961

Edição 122
Maio de 1961

Edição 123
Julho de 1961

Edição 124
Agosto de 1961

Edição 125
Outubro de 1961

Edição 126
Novembro de 1961

Edição 127
Janeiro de 1962

Edição 128
Fevereiro de 1962

Edição 129
Abril de 1962

Edição 130
Maio de 1962

Edição 131
Julho de 1962

Edição 132
Agosto de 1962

Edição 133
Outubro de 1962

Edição 134
Novembro de 1962

Edição 135
Janeiro de 1963

Edição 136
Fevereiro de 1963

Edição 137
Abril de 1963

Edição 138
Maio de 1963

Edição 139
Julho de 1963

Edição 140
Agosto de 1963

Edição 141
Outubro de 1963

Edição 142
Novembro de 1963

Edição 143
Janeiro de 1964

Edição 144
Fevereiro de 1964

Edição 145
Abril de 1964

Edição 146
Maio de 1964

Edição 147
Julho de 1964

Edição 148
Agosto de 1964

Edição 149
Outubro de 1964

Edição 150
Novembro de 1964

Edição 151
Janeiro de 1965

Edição 152
Fevereiro de 1965

Edição 153
Abril de 1965

Edição 154
Maio de 1965

Edição 155
Julho de 1965

Edição 156
Agosto de 1965

Edição 157
Outubro de 1965

Edição 158
Novembro de 1965

Edição 159
Janeiro de 1966

Edição 160
Fevereiro de 1966

Edição 161
Abril de 1966

Edição 162
Maio de 1966

Edição 163
Julho de 1966

Edição 164
Agosto de 1966

Edição 165
Outubro de 1966

Edição 166
Novembro de 1966

Edição 167
Janeiro de 1967

Edição 168
Fevereiro de 1967

Edição 169
Abril de 1967

Edição 170
Maio de 1967

Edição 171
Agosto de 1967

Edição 172
Outubro de 1967

Edição 173
Dezembro de 1967

Edição 174
Fevereiro de 1968

Edição 175
Abril de 1968

Edição 176
Junho de 1968

Edição 177
Agosto de 1968

Edição 178
Outubro de 1968

Edição 179
Dezembro de 1968

Edição 180
Fevereiro de 1969

Edição 181
Abril de 1969

Edição 182
Junho de 1969

Edição 183
Agosto de 1969

Edição 184
Outubro de 1969

Edição 185
Dezembro de 1969

Edição 186
Fevereiro de 1970

Edição 187
Abril de 1970

Edição 188
Junho de 1970

Edição 189
Agosto de 1970

Edição 190
Outubro de 1970

Edição 191
Dezembro de 1970

Edição 192
Fevereiro de 1971
~
Edição 193
Abril de 1971

Edição 194
Junho de 1971

Edição 195
Agosto de 1971

Edição 196
Outubro de 1971

Edição 197
Dezembro de 1971

Edição 198
Fevereiro de 1972

Edição 199
Abril de 1972

Edição 200
Junho de 1972


Retornar ao Menu   001-200    201-329
 
O conteúdo deste site é exclusivamente informativo, não tem fins lucrativos. Seu objetivo é servir como fonte de pesquisa para todo o público interessado. Respeitamos e sempre fazemos referência aos direitos autorais dos criadores dos Personagens, das Editoras e dos Artistas. Copyright © | Enciclopédia HQ 2013 | Todos os Direitos Reservados