Capitão Mistério Apresenta: Motoqueiro Fantasma

Capitão Mistério Apresenta: Motoqueiro Fantasma

_____________________________________________________________________



Publicada em 1978. Lançada em formatinho, com 68 páginas coloridas. Edição especial.

Nos anos 1970 a editora Marvel investiu muito em título de terror, tanto que surgiram títulos importantes como: Motoqueiro Fantasma (Ghost Rider), A Tumba de Drácula (The tomb of Dracula), Lobisomem (Werewolf by Night), Frankenstein, A Múmia Viva(Supernatural Thrillers Featuring The Living Mummy), além do aparecimento de muitos personagens do gênero,tais como Simon Garth o Zumbi, O Exorcista, Irmão Vodu, Morbius o Vampiro Vivo, Homem-Coisa, Blade, Lilith a Filha de Drácula, e muitos outros.

No Brasil a editora Bloch, que nesta época detinha os direitos de publicação dos personagens Marvel resolveu publicar também esta temática, criando um selo específico para estes títulos, chamado "Capitão Mistério Apresenta". Os títulos do selo eram diversos, como Aventuras Macabras, Sexta-Feira 13, A Tumba de Drácula, Lobisomem, A Múmia Viva, Frankenstein, Cine-Mistério, Clássicos do Pavor, Histórias Fantásticas,entre outros.

Nestas revistas foi utilizado, também, bastante material das publicações da editora americana E.C. Comics, como Tower of Shadows,Monsters on The ProwlChamber of ChillsCrypt of ShadowsVault of Evil e Chamber of Darkness, eram histórias curtas a maioria era de autores como Jack Kirby, Steve Ditko, Stan Lee, Alfredo Alcala, Gene Colan, John Buscema, Chris Claremont, Don Perlin, Howard Chawkin, Doug Moech, Frank Springer, Jim Steranko, Esteban Maroto, Gil Kane, Rich Buckler, Herb Trimpe entre outros.

Apesar da coleção ter iniciada no mercado a partir de 1976, foi apenas em 1982 que a editora lançou o título regular de Capitão Mistério, que viria a ser sua primeira série. Mas pouca diferença teve em relação aos materiais anteriores. Até a edição 21 alternavam nas capas os personagens Lobisomem e Drácula, sendo este último predominante nas edições posteriores.

Esta fase da coleção fez muito sucesso, isso devido à mesclagem não só de materiais estrangeiros, mas de muitas produções nacionais também. O sucesso foi tanto que foram lançadas nesta época 03 almanaques da coleção com o título de Almanaque do Terror.

O selo, apesar da proposta interessante, foi considerado um dos mais confusos lançados no Brasil. As revistas, em grande maioria, não continham datas de publicação e muitas vezes os títulos se misturavam tanto entre os personagens que ficava difícil reconhecer de qual coleção determinada revista pertencia.

O título Motoqueiro Fantasma pela editora Bloch foi a primeira aparição do personagem no Brasil, porém só foi publicada uma única edição, isso se deu pelos direitos de distribuição que a editora Abril possuiu e isso incluiu o do Motoqueiro.


 Galeria de Capas:


 
O conteúdo deste site é exclusivamente informativo, não tem fins lucrativos. Seu objetivo é servir como fonte de pesquisa para todo o público interessado. Respeitamos e sempre fazemos referência aos direitos autorais dos criadores dos Personagens, das Editoras e dos Artistas. Copyright © | Enciclopédia HQ 2013 | Todos os Direitos Reservados